Notícias

Várias atividades marcaram o Dia Estadual de Combate à Hanseníase

O Dia Estadual de Combate à Hanseníase, no último sábado, 5 de agosto, foi celebrado com uma série de atividades organizadas pela SBD-RJ e com participação do presidente da entidade. Teve atendimento clínico gratuito em consultórios instalados em locais públicos, iluminação de monumentos no Rio e em Niterói e exibição de vídeo produzido especialmente para marcar a data em salas de grandes redes de cinema. O presidente da SBD-RJ, Egon Daxbacher, também participou e proferiu palestra no I Seminário Estadual de Mobilização e Combate à Hanseníase. O objetivo da SBD-RJ foi chamar a atenção da população sobre a importância de se informar e desmistificar os preconceitos em relação à doença.

Iluminação de monumentos

Uma das ações mais significativas ocorreu no próprio sábado. Às 19h em ponto, o Cristo Redentor, um dos símbolos mais importantes e conhecidos do estado, inclusive internacionalmente, foi iluminado com a cor roxa, escolhida para representar a doença. A iniciativa foi da SBD-RJ com o apoio da Arquidiocese do Rio de Janeiro. A ação durou uma hora. Do outro lado da Baía de Guanabara, em Niterói, outro monumento famoso recebeu a mesma iluminação: o Museu de Arte Contemporânea de Niterói, carro-chefe do Caminho Niemeyer. A iluminação foi resultado
de uma parceria entre a SBD-RJ e a SBD-Fluminense. 

Atendimentos gratuitos

Com apoio e divulgação da SBD-RJ, dermatologistas associados e residentes dos serviços credenciados à SBD participaram voluntariamente de panfletagens e atendimentos gratuitos em consultórios instalados pelas secretarias estadual e municipal de saúde em locais de grande circulação. Na sexta-feira, 4 de agosto, numa ação liderada pela Secretaria Estadual de Saúde, o atendimento foi feito na Cinelândia, das 9h às 16h.

No sábado, numa ação conjunta de conscientização sobre tuberculose e hanseníase organizada pela Secretaria Municipal de Saúde, foi montada uma tenda de atendimento e panfletagem no Parque Madureira, das 9h às 13h. Durante os dois dias, mais de duzentos pacientes passaram por exames clínicos. No total, foram diagnosticados quatro casos da doença, um suspeito e um resgate de abandono.

“Essa é uma doença negligenciada. Então, o Dia Estadual de Combate à Hanseníase, serve principalmente para lembrar a população da importância do diagnóstico precoce e informar sobre o tratamento gratuito pelo SUS e a possibilidade de cura”, ressaltou Cristiane Saad, gerente do programa de Doenças Dermatológicas Prevalentes da SMS.

Vídeo fala da importância de combater o estigma e o preconceito

A SBD-RJ produziu um vídeo que foi exibido desde quinta-feira, 3 de agosto, em grandes redes de cinema. A SBD-RJ produziu um vídeo que foi exibido desde quinta-feira, 3 de agosto, em grandes redes de cinema. O vídeo presta a valiosa informação de que a hanseníase tem cura e não é contagiosa quando o paciente está em tratamento. Aborda também a necessidade de combater o preconceito e o estigma em relação à doença. O vídeo será exibido até esta quinta-feira, 10 de agosto, em todas as salas dos cinemas parceiros: Espaço Net e Rede Cinemark no Rio e em Niterói, Reserva Cultural em Niterói, Cinemagic, na Região dos Lagos, e no Itaú Cinemas, onde ficará em exibição até o final do mês. A CCR Barcas também aderiu à campanha e disponibilizou nosso vídeo nas TVs das barcas Rio-Niterói. Clique aqui e assista ao vídeo.