Notícias

Manual de Denúncia

O exercício ilegal da Medicina é um assunto muito sério e o impacto dessa prática na Dermatologia tem sido cada vez maior e mais danoso aos pacientes. Para virar esse jogo, a SBDRJ criou um canal direto para facilitar a denúncia desses maus profissionais, iniciativa tomada em conjunto com o Comitê de Ética e Defesa Profissional.  E precisamos de sua ajuda! Denuncie, a denúncia é anônima.

É cada vez mais comum nós, médicos dermatologistas, nos depararmos com casos de exercício ilegal da Medicina e invasão da especialidade. Vemos, pela internet, profissionais não habilitados realizando procedimentos médicos, organizando cursos e dando palestras. Além disso, atendemos diariamente pacientes vítimas de complicações por procedimentos realizados por não especialistas. E, às vezes, o dano é irreversível.

Vamos ao passo a passo:

1) Diante de uma suspeita de exercício ilegal da Medicina, anote: nome do profissional, registro no conselho de classe a que pertence, endereço (físico e virtual, e-mail, site, contas de Instagram, Facebook, etc) e telefone;

2) Se você atendeu um paciente com complicações, documente as provas: tire fotos com boa qualidade, solicite ao profissional que fez o procedimento um relatório detalhado do que foi feito e solicite ao paciente que assine um termo de consentimento livre e esclarecido. Se você viu algo na internet, copie, “DÊ PRINTS” em todas as telas possíveis (tanto de “feed”,quanto de “stories”). NÃO SE ESQUEÇA DAS DATAS EM QUE FORAM PUBLICADOS!

3) Envie esse material para o e-mail: defesa@sbdrj.org.br

Importante ressaltar que todas as medidas judiciais e extrajudiciais serão feitas em nome da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Rio de Janeiro, garantindo o anonimato e a integridade do associado.