Notícias

Drug Delivery: a técnica que promete potencializar os tratamentos estéticos

O drug delivery é uma técnica que facilita a entrega de moléculas terapêuticas nos pontos da pele que estão sendo tratados, seja no rosto ou no corpo. Funciona assim: normalmente, produtos de uso tópico (aplicados superficialmente na pele) não conseguem atingir as camadas mais profundas porque nossa epiderme age como uma barreira, impondo um certo limite. O drug delivery vai facilitar a penetração dos princípios ativos e fazer com que eles alcancem as partes mais densas da pele, mostrando logo os resultados do tratamento.

Com as técnicas de microperfuração do drug delivery, os produtos vencem a barreira natural, fazendo com que os medicamentos atuem de maneira mais profunda e concentrada. Esses medicamentos consistem numa combinação entre um princípio ativo (vitamina C, por exemplo) e uma ferramenta tecnológica (laser ou microagulhamento). O resultado é o estímulo na produção de novas células, fibras de colágeno e elastina.

Em resumo, todo dispositivo que consegue ultrapassar a primeira camada da pele (epiderme) age como um drug delivery. Alguns são mais eficientes que outros, a depender da profundidade de penetração, da associação de tecnologias e da presença ou ausência de coágulos no local. O procedimento pode ser feito por microagulhamento (que consiste na utilização de um rolinho de agulhas superfinas na pele), injeção (método mais antigo e menos eficaz em grandes áreas) e laser (método mais avançado e muitas vezes indolor).

Recomendação

Indicado para tratamento de manchas, rugas, flacidez, rejuvenescimento facial, poros dilatados, cicatrizes, estrias, olheiras e queda de cabelo. No caso deste último, são usadas substâncias para o crescimento e fortalecimento capilar. O procedimento pode ser realizado no próprio consultório médico com os devidos cuidados de assepsia e esterilização.

Quer saber mais sobre o drug delivery e se ele é indicado para o seu caso? Consulte o seu médico dermatologista.

Fonte: SBDRJ