fbpx

Notícias

COVID-19: 2020, o ano atípico

O mundo continua empreendendo esforços para conter o avanço do novo coronavírus. Dados referentes ao primeiro dia de abril mostram que a doença já tinha atingido, desde dezembro, 873 mil pessoas, com 43 mil mortes e 184 mil pessoas curadas no planeta. No Brasil, em 31 de março, o Ministério da Saúde apontava a existência de 5.717 casos e 201 mortes. A taxa de letalidade no país é de 3,5%, isso levando em conta os casos notificados. Ou seja, como o próprio governo admite a subnotificação, é provável que essa taxa seja ainda maior.

Em meio a esse novo cenário, medidas de isolamento social são intensificadas e apenas serviços essenciais são autorizados a funcionar, no sentido de evitar a disseminação do vírus. Com isso, é preciso rever nosso calendário para 2020.

Segundo autoridades sanitárias, ainda é cedo para saber quando a vida voltará ao normal no Brasil e os meses de abril e maio são preponderantes para qualquer previsão: ou seja, o melhor remédio é ficar em casa e evitar uma explosão de casos a partir de agora.