Notícias

As unhas dizem muito sobre sua saúde: saiba o porquê

Apesar de pequenas, as unhas exercem papel importante para o nosso corpo. Além de protegerem a região dos dedos de traumas e choques, servem para apreender objetos e  defender o organismo de infecções. Seu aspecto pode até mesmo revelar a existência de doenças sistêmicas.

“Aparelho ungueal” é o nome técnico dado para as nossas unhas. Ele é dividido em:

  1. Lâmina ungueal: essa é a parte a qual nos referimos quando pensamos em unha. É rígida e composta de queratina;
  2. Leito ungueal: é a pele que fica logo abaixo da lâmina ungueal; 
  3. Matriz ou fábrica da unha: É a região a partir da qual cresce a lâmina da unha, onde há a proliferação celular, ou seja, a região na qual a unha é “produzida”;
  4. Tecidos periungueais: são as dobras de pele que se dispõem ao redor da unha;
  5. Lúnula: região esbranquiçada e convexa que fica na extremidade proximal da unha;
  6. Eponíquio: também conhecido como cutícula, a região fica entre a finalização da pele do dedo na parte superior da unha e a porção proximal da unha.

Para manter as unhas saudáveis e livres de qualquer doença ou problemas que possam acometê-las, é preciso ter alguns cuidados e seguir algumas recomendações dadas pelo médico dermatologista. Confira alguns cuidados básicos:

  • Mantenha suas unhas sempre limpas e secas, dessa forma, você evita que fungos e bactérias se acumulem por baixo delas;
  • Apare-as sempre que preciso, de maneira reta e não ovalada;
  • Evite sapatos muito apertados, especialmente se você já teve quadros de unha encravada;
  • Não lixe a parte de cima das unhas, isso pode deixá-las mais finas e frágeis;
  • Não use acetona, a substância pode deixar as unhas quebradiças. Opte pelo removedor de esmaltes, que não contém acetona em sua fórmula;
  • O uso contínuo de esmalte pode trazer ressecamento, por isso, deixe as unhas sem esmaltação ao menos uma vez ao mês;
  • Roer as unhas pode trazer deformidades e manchas;
  • Por fim, não retire as cutículas. Elas protegem as unhas contra a invasão de fungos e bactérias. Sua retirada também pode favorecer o encravamento.

Unhas saudáveis e hidratadas

A hidratação é fundamental para a saúde das suas unhas. Beba bastante água e peça ao seu dermatologista que recomende um produto específico para hidratá-las. Estão disponíveis algumas opções de cosméticos, como bases que auxiliam na hidratação e no fortalecimento.

Assim como a hidratação, manter uma alimentação balanceada é de extrema importância. Por isso, invista em uma dieta rica em vitaminas e sais minerais.

Micose: a grande vilã

Estamos nos aproximando do verão, período de muito calor e umidade. Nessa época do ano, os fungos, que trazem infecções chamadas de micose, encontram condições ideais para o seu desenvolvimento.

A micose nas unhas, também chamada de onicomiose, pode se apresentar de diferentes formas: espessamento das unhas, descolamento da borda livre, manchas brancas na superfície ou até mesmo deformações.

O tipo de tratamento para o problema varia de acordo com a sua gravidade e extensão. O resultado é demorado porque depende do crescimento lento das unhas, por isso, o foco deve ser a prevenção.

Use sempre o seu próprio material na manicure, procure não usar sapatos fechados por um período prolongado e não ande descalço em pisos úmidos, como vestiários e saunas.

Ao notar qualquer anormalidade em suas unhas, procure o médico dermatologista. Ele é o profissional adequado para prevenir, diagnosticar e tratar qualquer problema que venha a atingi-las.

Fonte: SBDRJ