Websérie SBDRJ

Websérie SBDRJ

Na busca permanente por engajar a sociedade civil nas melhores práticas de saúde, a Sociedade Brasileira de Dermatologia do Rio de Janeiro (SBD-RJ) lança uma série de vídeos informativos. A websérie é composta por onze vídeos temáticos que buscam ajudar a população a não arriscar a própria pele na hora de procurar um tratamento. 

Com a pergunta “É médico ou Youtuber?”, o vídeo de estreia chama a atenção para os cuidados éticos que precisam ser adotados na hora de se apresentar nas redes sociais. 

No 2º capítulo da campanha de esclarecimento à população, destacamos a importância de pesquisar e consultar o site da SBD e da SBD-RJ para ter a garantia de ser atendido por um profissional habilitado. 

Saiba mais sobre a psoríase, doença não contagiosa e incurável, mas que tem tratamento.

Você sabe a diferença entre uma lesão maligna e uma benigna?
Assista ao novo vídeo da SBD-RJ e entenda um pouco mais. 
E não se esqueça: profissional que cuida da sua pele é o médico dermatologista!

Antes de qualquer escolha de um profissional, pesquisar sobre ele é essencial para não ter problemas posteriores. 
Isso vale ainda mais para a sua saúde.

Utilize todas as ferramentas possíveis para saber quem é o médico que irá lhe atender.

A hanseníase é uma doença da pele que se manifesta por meio de manchas e caroços e afeta a sensibilidade. Pode atingir os nervos, causa dor e formigamento, podendo até resultar em paralisia. E o mais triste: é uma enfermidade ainda cercada por muito preconceito.

Confira o sexto vídeo da série temática da SBD-RJ!

Fique atento aos sinais de dermatite atópica, doença não contagiosa e um dos tipos mais comuns de dermatite.

Aos primeiros sintomas, procure um médico dermatologista.

O melanoma é o tipo mais perigoso de câncer da pele. Mas tem cura. Fique atento aos sinais e, aos primeiros sintomas, procure um dermatologista.

Diversos procedimentos estéticos podem ser feitos para que a pele fique mais bonita. Mas pessoas com infecções, alergias e rosáceas, devem ficar atentas às maiores chances de complicações após esses tratamentos.

Procure um médico dermatologista para saber qual o procedimento adequado para seu caso.

A incidência da sífilis vem aumentando de maneira preocupante na população brasileira.

O tratamento é simples, mas a melhor forma de prevenção é usar preservativos durante as relações sexuais.

Em breve.